No dia 27 de novembro, o secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins inaugurou o Data Center e Disaster Recovery da Águas do Algarve, um projeto que envolveu um investimento de cerca de 500 mil euros e que contou com os serviços de fiscalização, gestão da qualidade, coordenação em obra e coordenação de gestão ambiental da Prospectiva.

O novo Data Center, instalado em Faro, disponibiliza todos os recursos informáticos de telegestão, armazenamento, computação, gestão e controlo da Águas do Algarve. De acordo com a Águas do Algarve, a constituição deste Data Center decorre da necessidade de promover a reformulação do Sistema de Telegestão do Sistema Multimunicipal de Abastecimento de Água do Algarve, com a consequente reformulação da infraestrutura informática de suporte e da necessidade de diminuir os riscos. Com a modernização da rede de comunicações de suporte, consegue-se aumentar a fiabilidade da operação de todo o sistema.

Relativamente ao Disaster Recovery, ele destina-se a garantir que, em caso de eventos disruptivos significantes, que provoquem a falha do Data Center, seja possível a recuperação ou a continuidade da infraestrutura e sistemas informáticos que suportem as funções de negócio críticas, garantindo-se assim, no essencial, a manutenção da atividade da empresa.