A Câmara Municipal de Lisboa adjudicou à Prospectiva a fiscalização da obra, de coordenação de segurança em obra, de gestão de qualidade e de fiscalização da gestão ambiental da empreitada de substituição, reabilitação e reforço da construção da rede de saneamento da Bacia Q.  A obra tem um prazo de execução previsto de 300 dias.

A empreitada, que serve de base aos serviços objeto do contrato, compreende cinco intervenções. A primeira diz respeito ao reforço do coletor da Av. Infante D. Henrique com a construção de um coletor circular com1200 mm de diâmetro por microtunelação e que funcionará paralelamente ao coletor existente. A empreitada irá ainda intervir na substituição da câmara de transição junto ao MEO Arena, na reabilitação do coletor Nova II, na melhoria da drenagem superficial da Av. de Berlim e, finalmente, na execução de cinco descarregadores com a construção de válvulas de controlo e repartição de caudal em cinco locais distintos.