Complexo Turístico da Quinta de Ombria

,
Complexo Turístico da Quinta de Ombria

A obra a realizar tem como objectivo a instalação de todas as infra-estruturas gerais de base relativas ao Complexo Turístico da Quinta da Ombria, que futuramente servirão o Hotel, o Club-house, os diversos Aldeamentos, edifícios de manutenção e apoio à exploração, e demais equipamentos que delas necessitem.

As infra-estruturas a executar dizem respeito à 1ª fase das obras de urbanização, englobando nomeadamente, Rede viária, Instalações eléctricas, Instalações telefónicas, Redes de abastecimento de águas, Redes de esgotos domésticos e pluviais, Rede de distribuição de gás e Armazenamento de gás.

Inclui-se ainda no âmbito da empreitada a realizar, a construção de um viaduto sobre o leito de cheia centenária da ribeira do Algibre. O viaduto consiste numa estrutura corrente de betão armado pré-esforçado, com um tabuleiro em laje nervurada, apoiado em pilares rectangulares com topos ovais. O tabuleiro irá ter 12.50m de largura, vencendo um vão máximo de 29m. O gabarit máximo assegurado junto à ribeira, é de aproximadamente 3.0m.

A extensão total do viaduto é de 105m. A construção da obra de arte, os movimentos de terras para estabelecimento da plataforma geral da rede viária e para abertura de valas para instalação das diversas infra-estruturas, e a instalação das referidas infra-estruturas constituem as tarefas dominantes da empreitada a realizar.

Cliente: Quinta da Ombria
Localização: Loulé, Portugal
Ano: 2008

Serviços

Posted on

Abril 16, 2008