Reabilitação do Conjunto Edificado da igreja e Torre dos Clérigos

,
Reabilitação do Conjunto Edificado da igreja e Torre dos Clérigos

A intervenção, inserida no âmbito alargado de restauro e recuperação de todo o conjunto, edifício e espólio, visa não só criar as condições necessárias de acolhimento e recepção aos seus muitos visitantes como também tornar acessível ao público o seu grande espólio bibliográfico, iconográfico, escultórico e decorativo.

Para suprir as necessidades estruturais e de acessibilidades latentes, propomos um novo acesso pela Rua da Assunção, uma rua pedonal de grande fluxo turístico e de uso predominantemente comercial, e que permitirá aceder à loja/estrutura de acolhimento, potenciando o carácter comercial da rua. Dada a diferença de cota entre a Rua da Assunção e o piso 0, a introdução de um elevador permitirá vencer de forma simples o desnível permitindo não só a acessibilidade a pessoas com mobilidade reduzida como também aceder a todos os níveis do imóvel de forma cómoda e rápida.

Uma vez no interior da loja o visitante poderá ser direccionado para o percurso cultual, que permitirá aceder à igreja e sacristia, de entrada livre, ou direccionado para a bilheteira, no piso 1, onde poderá efectuar dois percursos: o percurso museológico e expositivo, referente aos espaços da Casa do Despacho e Enfermaria, e o percurso panorâmico, que contempla a torre e o espaço expositivo anexo, que se repete em todos os pisos. O espaço anexo à torre permitirá que a sua visita tenha um complemento interpretativo e funcionará como bolsa de descompressão aumentando a capacidade para acolher visitantes e melhorando as condições de segurança com a abertura das portas em todos os pisos.

Das infra-estruturas principais salientamos a associação do elevador a um núcleo de instalações sanitárias que servirá cada piso e a um pequeno compartimento destinado ao economato da loja, no piso 1, a um vestiário, no piso 2 e a duas copas, uma de apoio à grande sala polivalente, no piso 3, e uma outra de apoio aos funcionários, no piso 4.

A intervenção a realizar na Igreja será de reabilitação e restauro estando também previstas novas infra-estruturas de iluminação e de áudio, expurgando todas as infra-estruturas menos qualificadas e desnecessárias ainda existentes. Todas as caixilharias do edifício serão restauradas, sem alteração do desenho existente, ou replicadas, quando necessário.

 

Cliente: IRMANDADE DOS CLÉRIGOS
Localização: Porto, Portugal
Ano: 2013