Mantendo a permanência no país há já 5 anos, o Ministério dos Transportes, das Obras Públicas, do Equipamento e do Ordenamento do Território do Burundi adjudicou à Prospectiva um estudo técnico no âmbito da construção de uma via rápida de contorno do Norte da capital do país, em Bujumbura, com uma extensão de, aproximadamente 15 Km. Em causa estará também o planeamento da reabilitação da Circular Norte-Sul de Bujumbura, com uma extensão de cerca de 9 Km.

O estudo deverá assentar numa análise socioeconómica, considerando custos, vantagens e detalhes da construção das respetivas vias, que perfazem um total de cerca de 24 quilómetros. A rota prevista de contorno da maior cidade do país será do tipo 2×2 vias, com uma pavimentação de 7 metros de largura para cada via, um separador central com dois metros de largura, duas bermas para circulação de bicicletas com 2,5 metros cada e, finalmente, com áreas de estacionamento de acordo com as normas em vigor.

A rota do eixo Norte-Sul terá 2×2 vias ou, preferencialmente, 2×3, com uma via reservado a veículos de transportes públicos. De sublinhar que, a possibilidade de uma terceira via reservada a veículos de transporte público será analisada nas duas secções.

Já a Circular Sul-Norte de Bujumbura será do tipo 2×2 vias, com uma área de pavimentação de sete metros de largura para cada via, um separador central com dois metros de largura, duas bermas para a circulação de bicicletas de 2,5 metros cada, incluindo áreas de estacionamento.