PROSPECTIVA inicia projeto de reabilitação de estrada nas Ilhas Comores

Com financiamento do Banco Mundial, o Ministério do Planeamento Regional e Urbanismo das Ilhas Comores, responsável pelos Transportes Terrestres, adjudicou à PROSPECTIVA uma prestação de serviços para os Estudos Técnicos, Económicos, Ambientais e Sociais, assim como para a Gestão, Controlo e Supervisão das Obras de Reabilitação da RN2 e RN3, troço Mtsangadjou-Mohoro-Foumbouni-Ouroveni, numa extensão de 26 km.

Tendo iniciado em março de 2022, a prestação de serviços da PROSPECTIVA tem uma duração prevista de 6 meses para a fase de Projeto e de 12 meses para a fase de Fiscalização, com um montante total de cerca de um milhão de euros.

Em abril de 2019, a União das Comores foi atingida pela passagem do ciclone tropical Kenneth, um dos mais devastadores da história do país. O Governo declarou Estado de Calamidade Natural a nível nacional e realizou uma avaliação do impacto do ciclone com o desenvolvimento de um Plano de Recuperação e Reconstrução em junho de 2019.

O Projeto de Recuperação e Resiliência Pós-Kenneth faz parte de uma resposta mais ampla e abrangente do Banco Mundial para ajudar o Governo das Comores a lidar com os impactos do ciclone. O objetivo do desenvolvimento deste projeto é apoiar a recuperação de infraestrutura pública e privada direcionada em áreas afetadas e aumentar a sua resiliência a desastres naturais e climáticos.

A reabilitação de troços críticos da estrada principal que liga Mtsangadjou a Ouroveni, e que passa por Foumbouni, tem uma extensão aproximada de 26 km e estende-se pelas duas estradas nacionais RN2 e RN3. Os danos mais graves ocorreram na seção da RN2 entre Mtsangajou e Mohoro (cerca de 13 km), que está completamente deteriorada desde a passagem do ciclone. O projeto financiará prioritariamente as obras de reabilitação completas deste troço, incluindo os estudos técnicos da totalidade dos 26 km. Estes poderão recomendar e priorizar as zonas críticas mais afetadas no restante do trecho (Mohoro e Ouroveni) para financiar as obras associadas dentro dos limites do orçamento que possa estar disponível.

L
Inaugurada a Central Solar Fotovoltaica de Bolama, Guiné-Bissau

Inaugurada a Central Solar Fotovoltaica de Bolama, Guiné-Bissau

Já está em funcionamento a nova Central Solar Fotovoltaica de Bolama, Guiné-Bissau, bem como a sua rede de iluminação pública, uma obra na qual a PROSPECTIVA participou com a Elaboração do Estudo de Impacto Ambiental Simplificado e do Caderno de Encargos, e a...

3000 projetos em 45 anos de PROSPECTIVA

3000 projetos em 45 anos de PROSPECTIVA

A PROSPECTIVA acaba de assinalar mais um feito notável na história da empresa, ao ter assinado o projeto nº3000, que contempla a Fiscalização da Empreitada de Construção da Barragem de Gebelim e Caminho de Acesso ao Coroamento, adjudicada pela Junta de Agricultores do...